OK
MENU
Página Principal Videopar Agronegócios
  • Cadastre-se
  •  para receber
  • novidades e promoções.
  • Siga-nos
Página Inicial | DVDs| Coleção Gado de Leite DECA
  • 3 avaliações
  • De: R$707,70
  • Por: R$349,30
  • ou em 6x de 58,22
  • ou à vista no Boleto por R$331,84 (5% de desconto)
    • Kit: Kit Leite DECA
  • Coleção Gado de Leite  DECA
Compartilhe

 


DVD 1 - MANEJO DO REBANHO LEITEIRO - O MODELO ADOTADO PELO SÍTIO DO CEDRO 
DVD 2 - NUTRIÇÃO DO GADO DE LEITE 
DVD 3 - COMO PRODUZIR LEITE A PASTO
DVD4 - ADMINISTRAÇÃO MODERNA - DE UMA PROPRIEDADE LEITEIRA
DVD5 -  CANA DE AÇUCAR URÉIA NA ALIMENTAÇÃO DO GADO DE LEITE 
DVD6 - LEITE AGROECOLÓGICO - PASTOREIO VOISIN & HOMEOPATIA
DVD7 - RAÇA JERSEY PRODUÇÃO COM QUALIDADE
DVD8 - 280 RAÇÕES BALANCEADAS PARA VACAS LEITEIRAS
DVD9 - COMO PRODUZIR LEITE DE QUALIDADE
DVD10 - ALIMENTAÇÃO DE VACAS LEITEIRAS

[FECHAR]

GADO JERSEY

GADO JERSEY
Resistindo a temperaturas bruscas, produzindo por mais de 20 anos, e transformando tudo o que come em leite, as vacas Jersey serão, com certeza, suas melhores inquilinas.
Jersey é a vaca leiteira que apresenta maior produção por hectare ou por tonelada de alimento. A quantidade de leite produzido para cada 100 kg de seu peso é que a torna uma leiteira por excelência, desta-cando-a entre as demais raças com a mesma aptidão. A produção diária é de 10 a 20 kg de leite.
Além de seu alto poder de conversão alimentar, transformando tudo o que come em leite, a vaca Jersey se caracteriza por uma acentuada longevidade, chegando, muitas vezes, a ultrapassar os 20 anos de idade, como reprodutora constante e regular. São comuns as vacas que atingem sua maior produtividade dos dez aos 12 anos, com longas lactações, sem queda expressiva de sua produção.
De excepcional tolerância ao calor e frio intensos, essa raça rústica começou a ser introduzida no Brasil, via Portugal, por Francisco de Assis Brasil, em 1895. Inicialmente no Rio Grande do Sul, a raça disseminou-se pelo Brasil com rebanhos em São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Ceará, Bahia e em outros Estados do Norte e Nordeste.
Espalhada pelo mundo, a Jersey ocupa posição de destaque no rebanho leiteiro de países como a Austrália, Nova Zelândia, Estados Unidos, Canadá, Índia, entre outros, onde vem sofrendo um trabalho de aprimoramento nas suas características de uniformidade, conformação e aptidão leiteira. Também é muito utilizada no melhoramento das raças nativas de muitos países, inclusive do Brasil.
A Jersey está bem caracterizada em dois tipos básicos: o clássico, da ilha de Jersey, com animais pequenos, esqueleto leve, compleição mais "arredondada" e forte aptidão leiteira; o americano e canadense, com animais maiores, ossatura delicada e com uma angulosidade bastante acentuada e mais descarnados, têm altas produções por lactação.
Dentre as raças leiteiras, a Jersey adapta-se mais facilmente a regiões com os mais diversos tipos de solo, alimentação e clima. É um animal que pode viver muito bem em terrenos acidentados, pedregosos ou em contínuo pastoreio devido à alta resistência de seus pequenos e bem modelados cascos.
A sua maturidade reprodutiva se dá aos dois anos de idade ou pouco mais, antecipando-se, portanto, cerca de seis meses, em mé-
dia, em relação às outras raças, Com isso, o criador ganha uma geração, isto é, um bezerro e uma lactação a mais. Prenhez entre os 14 e 17 meses ocorre com freqüência, sem que haja interrupção no crescimento da novilha que continua a se desenvolver normalmente em tamanho e em produção até atingir o padrão da raça.
Os touros, com um ano de idade, já estão aptos para as coberturas ou para o fornecimento de sêmen para inseminação artificial.
CARACTERíSTICAS:
É uma raça de pequeno porte, com as fêmeas medindo entre 1,25 a 1,35 m de altura e apresentando um peso entre 320 e 450 kg. Os machos, mais altos, pesam entre 550 a 800 kg.
A boa aparência e disposição dessa vaca não é sem razão: ela tem uma grande resistência à maioria das moléstias que atacam os bovinos nas regiões de clima tropical e subtropical. Isso não quer dizer, entretanto, que ela não necessite dos cuidados preventivos, indispensáveis a todo tipo de criação para manter a saúde do rebanho.
A vaca Jersey tem uma parição muito fácil, não precisando de nenhuma ajuda no trabalho de parto. O problema de retenção da placenta, freqüente em outras raças, não ocorre nesse caso.
ALIMENTAÇÃO:
Se você deseja uma criação com boa produtividade, dispense cuidados desde cedo. Procure fornecer todas as condições para que se desenvolva o seu potencial genético, mantendo uma produçâo média constante, durante um longo período de lactação.
O rendimento dessa leiteira está diretamente relacionado com uma alimentação rica e abundante, em termos de forrageira e rações concentradas. Por isso, é indispensável a formação de pastagens com forrageiras superiores (estrela, coast cross e outras) que estejam à disposição do gado durante o ano inteiro.
Apesar da notável capacidade
digestiva da vaca Jersey em digerir as forrageiras, ela - para manter uma alta produção - necessita de alimento suplementar na forma de rações concentradas. Assim, você deve fornecer-lhe, diariamente, 1 kg de ração para cada 4 kg de leite produzidos.
INSTALAÇOES:
Cercas das pastagens, um galpão ou curral, onde você fará as duas ordenhas diárias serão suas instalações. Tudo adaptado ao tamanho de área e criação. É importante para a qualidade do leite o máximo de higiene no local da ordenha e na manipulação dos utensílios a serem usados.
Como em qualquer criação, alguns cuidados são fundamentais para manter os animais sadios e produtivos, por mais resistentes a doenças que eles possam ser. O mesmo acontece em relação ao gado Jersey. Você não pode deixar de aplicar a vacina contra a febre aftosa, a cada 90 e 120 dias e a dose única da vacina contra brucelose.
Faça exames periódicos para detectar a presença de verminoses que, ao menor indício, devem ser tratadas adequadamente com vermífugos, pois é a única forma de manter um controle sobre essa moléstia. Os carrapatos devem ser combatidos regularmente, com a aplicação de carrapaticida.

Autor: revista vida

[FECHAR]
  • Para avaliar produtos você precisa estar logado!
  • Fazer Login

  • Formas de Pagamento
  • Atendimento
  • (41) 3223-7944 (vendas)
  • (41) 8851-0718 (Whatsapp)
  • (41) 3324-1941 (dúvidas)
  • Segurança
  • Social
  • Videopar Ltda • CNPJ: 01.373.798.0001/80 • Rua Domingos Nascimento, 240 - Bom Retiro - Curitiba - Pr • CEP 80520.200