OK
MENU
Página Principal Videopar Agronegócios
  • Cadastre-se
  •  para receber
  • novidades e promoções.
  • Siga-nos
Página Inicial | DVDs| Tanque Rede de Pequeno Volume
  • 3 avaliações
formato
  • Tanque Rede de Pequeno Volume
Compartilhe
Tanques-Rede de Pequeno Volume, é um video curso onde você aprende como cultivar peixes em tanque-rede.
A espécie mais utilizada na produção de peixes em tanque-rede é a Tilápia do Nilo. Outra espécie que vem sendo utilizada é o Pacu.
Para águas com temperaturas acima de 25 graus e com um bom manejo as
tilápias atingem 600 gramas de peso vivo em cinco meses.
Já o pacu atinge 800 gramas por volta dos doze meses em média.
O retorno do investimento ocorre no período de 30 meses em média,
quando se consegue as seguintes produtividades:
Tilápia - 120 kg por metro cúbico
Pacu -   40 Kg por metro cúbico.

Conteúdo:
 
-Introdução
-A escolha do local
-Manejo
-Manejo das Tilápias
-Manejo do Pacu
-Manejo alimentar
-Tipos de arraçoamento
-Manutenção das gaiolas
-Despesca e comercialização
-Considerações finais

Consultor:
 
Luiz Eduardo G. de Sá Barreto
Engenheiro de Pesca
Funcionário do Instituto Emater do Estado do Paraná
Mestre em Ciências Ambientais
 
Duração aproximada: 42 minutos
 
apoio: Aquabel
  • Artigos sobre o produto






Os chineses, sempre sábios e muito comerciantes, já faziam tanques com redes para criar peixes no delta do rio Amarelo, há 750 anos. Americanos vieram depois. Nos anos 1970, imitaram os chineses e adotaram o sistema. No Brasil, ...(clique na imagem e leia mais)
--



[FECHAR]

Criação de Peixes em Tanque Rede


Os chineses, sempre sábios e muito comerciantes, já faziam tanques com redes para criar peixes no delta do rio Amarelo, há 750 anos. Americanos vieram depois. Nos anos 1970, imitaram os chineses e adotaram o sistema. No Brasil, por essa época, começaram os investimentos das grandes hidrelétricas e a oferta das enormes águas represadas atraiu os piscicultores. Proprietários de lagos e açudes particulares vieram atrás. O sistema é super-intensivo. O máximo de peixes, num mínimo de espaço. Ração concentrada especial, três vezes ao dia. As gaiolas com estrutura de alumínio, sustentadas por aquelas visíveis bóias amarelas, exigência da Marinha. Até onde é vantajoso criar peixe assim? Um especialista no assunto, o engenheiro de pesca Luis Barreto resume a questão: “- A indústria, hoje, fornece as gaiolas instaladas com um investimento até 60 por cento menor do que fazer tanques escavados na terra. Alimentar os peixes, com o tratador passando de barco, recolher, repicar, enfim tudo é muito mais simples. O terreno da propriedade fica liberado para outras atividades.” Em terra, apenas um pequeno apoio: o galpão, pequeno, e uma moradia do tratador, sem ocupar nada mais do terreno, a não ser o acesso para o trapiche. O piscicultor que pretende entrar no ramo, pode iniciar com um projeto pequeno: por exemplo, 100 gaiolas, de tamanho 2x2m, e 1m70cm de profundidade. O peixe certo, e de valor garantido, é a tilápia, que chega a 800 gramas de peso em 5 meses. Com ração especial de piscicultura, a tilápia faz uma conversão alimentar de 1,6 a 1,8, garantindo uma terminação rápida. No final, é só rebocar a gaiola até o trapiche, para recolher  e encaminhar os peixes para venda, seja em vivo, ou em caminhão baú térmico, para o peixe destinado ao consumo. A lotação de peixes para engorda, no tanque, varia desde 200 unidades por metro cúbico, até um valor 50% maior. Isso tudo depende da condições da água, da temperatura, do manejo, do alimento. Assim, num tanque padrão, com 6 m3 de água, criam-se, no mínimo, 1200 peixes, ou seja, em torno de uma tonelada de peso vivo em 5 meses. Luis Barreto, com sua experiência no assunto, conclui: “- o alevino (filhote) é a semente de todo o processo. Por isso, o engordador de peixe, pensando no lucro, não pode esquecer a qualidade genética. Ao povoar os tanques, vá buscar alevinos onde há a melhor raça e variedade. Isso lhe garante peixes de crescimento rápido, com menor consumo de alimento, que suportam populações bem adensadas e têm maior rendimento em filé. O que conta para o comprador de hoje.”. Tanque-rede de Pequeno Volume. Bom investimento. Retorno rápido de capital. Para a moderna piscicultura brasileira.

Autor: Eng. Agrônomo e jornalista - Ivan Anzuategui

[FECHAR]

Compre Junto

  • Para avaliar produtos você precisa estar logado!
  • Fazer Login

  • Formas de Pagamento
  • Atendimento
  • (41) 3223-7944 (vendas)
  • (41) 8851-0718 (Whatsapp)
  • (41) 3324-1941 (dúvidas)
  • Segurança
  • Social
  • Videopar Ltda • CNPJ: 01.373.798.0001/80 • Rua Domingos Nascimento, 240 - Bom Retiro - Curitiba - Pr • CEP 80520.200