OK
MENU
Página Principal Videopar Agronegócios
  • Cadastre-se
  •  para receber
  • novidades e promoções.
  • Siga-nos
Página Inicial | Livros | Pecuária | Peixe & Camarão| O AQUÁRIO MODERNO - PEIXES TROPICAIS
  • 3 avaliações
formato
  • O  AQUÁRIO  MODERNO  -  PEIXES  TROPICAIS
Compartilhe
Sinopse: Este livro é fruto de uma grande pesquisa sobre os principais aspectos do aquarismo, especificamente voltado para peixes de água doce. É um guia prático sobre a montagem, manutenção, características dos aquários e dos peixes.
Contém uma relação ilustrada dos peixes mais belos e utilizados nos aquários. Saiba quais os cuidados necessários na hora de escolher as espécies. Ainda, um capítulo que aborda as doenças mais comuns nos peixes tropicais.
Descubra a beleza e a utilidade das plantas aquáticas e das peças de ornamentação que podem deixar o aquário ainda mais bonito.
Conheça os equipamentos necessários para manter a água adequada, os tipos de iluminação mais apropriados, o manejo dos peixes, higiene do aquário e muito mais. Esta obra não pode faltar na biblioteca dos que se dedicam ao aquarismo.
Autor: Márcio Infante Vieira
Editora: Prata Editora
152 Páginas
  • Artigos sobre o produto





PEIXE  (do lat. piseis.) Denominação comum a vertebrados aquáticos, de água doce ou salgada. Superclasse Risces de vertebrados aquáticos, que apresentam um par de arcos viscerais modificados, originando a mandíbula e as nadadeiras, geralmente presentes e em número par; em geral têm o corpo coberto por...
--



[FECHAR]

Os peixes

PEIXE  (do lat. piseis.) Denominação comum a vertebrados aquáticos, de água doce ou salgada. Superclasse Risces de vertebrados aquáticos, que apresentam um par de arcos viscerais modificados, originando a mandíbula e as nadadeiras, geralmente presentes e em número par; em geral têm o corpo coberto por escamas; sua respiração é feita através de brânquias. A superclasse é formada por três classes: Placodermos (Plecodermii peixes primitivos, com esqueleto ósseo, mandíbulas primitivas, fenda branquial completa na frente do hióide; todas as espécies extintas; Condrictes (Chondrichthyes) peixes cartilaginosos; recobertos por escamas placóides; de esqueleto cartilaginoso; com cinco a sete pares de brânquias em fendas separadas; com cerca de 1.000 espécies (tubarões é raias); Osteicles (Osteichthyes) peixes ósseos de corpo recoberto por escamas ciclóides ou ctenóides, quatro pares de brânquias em cavidade comum coberta por opérculo; com cerca de 30 mil espécies de peixes, entre os quais: Pomacanthus imperator (peixe-anjo) e Toxotes jaculator (peixe-arqueiro) da família dos toxodídeos: Helostoma temmincki (peixe beijador), família dos helostomatídeos: Chaetodon sp (diversas espécies de peixes borboletas), da família dos quetodontídeos: Trigla gurnardus (peixe-cabra), família dos triglídeos: Equetus lanceolatus (peixe-canivete), família dos cienídeos: Apogon imbebóis (peixe-cardeal), família dos apogonídeos: Paracanthurus iheutis (peixe-cirurgião), família dos acanturídeos: Sigamus puellus (peixe-coelho), família dos siganídeos: Ostracion tuberculatus (ostraciontídeos):Eliotris fusca (peixe-dorminhoco), família dos gobiídeos: Monocirrus polyacanthus (piracaá, piracará, peixe-folha), família dos policentrídeos: Silurus, Ictalurus e Noturus (peixes-gatos), família dos silurídeos: Stephanolepis cirrhifer (peixe-lima), família dos monacantídeos: Ogcocephalus vespertilio (peixe-morcego), família dos ogcocefalídeos: Amphiprion eghippium (peixe-palhaço), família dos pomacentrídeos: Lophiomus setigerus (peixe-pescador), família dos lofiídeos:Naucrates ductor (peixe-piloto), família dos carangideos: Phrynelox tridens (peixe-sapo), família dos antenarídeos: Pristis microdon (peixe-serra), família dos pristídeos: Bathypterois viridensis (peixe-trípode), família dos batipteróides: Istiophorus platypterus (peixe-vela-do-pacífico), família dos istiforídeos.
PEIXE-AGULHA - Denominação comum a peixes teleósteos, ateriniformes, da família dos belonídeos. Atingem em média 50cm de  comprimento, e alguns exemplares até 1m; cabeça corresponde a um terço desse tamanho e termina em focinho alongado, em forma de bico. Há cerca de 50 espécies, entre as quais a Strongylura marina, a S. timucu e Belone argalus. Ocorrem desde as costas dos EUA, Flórida, até as do Brasil, preferindo oceanos tropicais.
PEIXE-BOI - Denominação comum a mamíferos sirênios, da família dos triquequidecs do gênero Tricbeclius, no qual se incluem três espécies: Trichechus manatus, que ocorre nos EUA (Carolina do Norte), do golfo do México, do Caribe, Baamas e Antilhas até o Nordeste brasileiro; T inunguis (peixe-boi da amazõnia), que ocorre na Amazônia e no Orenoco; T senegalensis, que ocorre nas águas costeiras do Senegal e de Angola. 
O peixe-boi vive exclusivamente na água, seu corpo é roliço, liso, apresenta os membros anteriores evoluídos para nadadeiras, cauda achatada, e não apresenta membros posteriores. Tem apenas dentes molares, de seis a oito em cada maxila. Alimenta-se de plantas gramíneas e um exemplar adulto pode pesar até 600kg e alcançar 4m de comprimento. Sua carne é bastante apreciada, e a fêmea é conhecida como peixe-mulher.
PEIXE-CACHIMBO ou PEIXE-CACHIMBO¬GRANDE - Denominação comum a peixes ósseos, gasterosteiformes, da família dos singnatídeos. Com até 45cm de comprimento, têm corpo alongado e cabeça prolongada em comprido tubo oral, sem dentes, que captura as presas como um aspirador. Vivem em água de 6 a 30DC, desde a Noruega até o norte da África e nos mares Mediterrâneo e Adriático. (Sin. AGULHA-DO-MAR.)PEIXE-CACHORRO - Denominação comum a vários peixes teleósteos, cipriniformes, da família dos caracídeos. São carnívoros e possuem dentadura afiada. (Sin. CACHORRA, DENTUDO.)  Ruhphiodon vulpinus. Peixe teleósteo, cipriniforme, que tem dois dentes com 35mm de comprimento na mandíbula. É carnívoro. Ocorre na Amazõnia. (Sin. CIGARRA, SAICANGA, TAMBIU, PIRAPUCU, PEIXE-CIGARRA.) [Família dos caracídeos .]PEIXE-DE-BRIGA  Betta splendenso Peixe ósseo, perciforme, de águas doces, paradas, capaz de respirar fora de seu ambiente. Os machos são muito agressivos e travam combates que chegam a ser alvo de apostas. Os ovos são acomodados em ninhos de muco, de ar, cuidados pelo pai. Ocorre no Sudeste Asiático. (Sin. BETA.) [Família dos anabantídeos.]PEIXE-ELÉTRICO s.m. Sino de PORAQUÊ. PEIXE-ESPADA s.m. 1. Trichiurus lepturus. feixe ósseo, perciforme. Tem corpo alongado, de até 1,7m de comprimento, comprimido lateralmente, lembrando uma espada; dentes grandes, dois maiores situados na extremidade da mandíbula. É carnívoro e ocorre no oceano Atlântico. (Família dos triquiurídeos.) - 2. Sino de ESPADARTE.
PEIXE-GALO s.m. Selene vomer. Peixe teleósteo, perciforme, caracterizado pela testa quase vertical e pela presença do primeiro raio da segunda nadadeira dorsal, muito longo. Ocorre nos mares Pacífico e Atlântico ocidentais e se alimenta de moluscos, crustáceos e peixes pequenos. (Família dos carangídeos.)PEIXE-GATILHO s.m. Denominação comum a diversas espécies de peixes ósseos, tetrodontiformes, da família dos halistídeos, tais como Balistapus undulatus, Balistoides conspicillum. Canthidermes sufflamem e Xanthichthys ringens.Os peixes-gatilho caracterizam¬se pela parte anterior da nadadeira dorsal com três raios em forma de espinho: o raio dianteiro, mais grosso e forte, quando ereto, fica imobilizado pelo segundo, por meio de um "mecanismo" na base, só recuperando o movimento quando o segundo se inclina para trás; é com esse movimento de gatilho que ele se libera. Quando perseguido, entra em cavidades, nelas se fixando com o espinho mais forte.




Autor: Larousse cultural

[FECHAR]
  • Para avaliar produtos você precisa estar logado!
  • Fazer Login

  • Formas de Pagamento
  • Atendimento
  • (41) 3223-7944 (vendas)
  • (41) 8851-0718 (Whatsapp)
  • (41) 3324-1941 (dúvidas)
  • Segurança
  • Social
  • Videopar Ltda • CNPJ: 01.373.798.0001/80 • Rua Domingos Nascimento, 240 - Bom Retiro - Curitiba - Pr • CEP 80520.200