OK
MENU
Página Principal Videopar Agronegócios
  • Cadastre-se
  •  para receber
  • novidades e promoções.
  • Siga-nos
Página Inicial | Livros | Pecuária | Aves| CRIAR AVES É BOM E LUCRATIVO
  • 3 avaliações
formato
  • CRIAR  AVES  É  BOM  E  LUCRATIVO
Compartilhe

Sinopse: Acreditando, enfim, que o Brasil possui todas as condições, para se transformar em um dos maiores países do mundo, na produção avícola, é que nos propuzemos a escrever o presente trabalho, dirigido, não só aos que se dedicam à avicultura em escala comercial, mas também aos que a praticam como passatempo, divertimento ou higiene mental, criando as diversas espécies de aves ou mesmo raças que se destacam por sua beleza ou originalidade, além do seu valor econômico.



 



 


 


Autor: Márcio Infante Vieira

 



 


 


 



 



 


 


 


Editora: Prata Editora

 



 


 


 



 



 


 


 


127 Páginas

 



 


 


 

  • Artigos sobre o produto





GAL0 (Do lato gallus.) 1. Gênero (Gallus) de aves galiformes. Os galos são vizinhos dos faisões, dos quais diferem pelo maior desenvolvimento das carúnculas (crista e barbilhâo) e da cauda. (Família dos fasianídeos.) 2. Macho da galinha doméstica. A briga de galos ...
--



[FECHAR]

O Galo

GAL0 (Do lato gallus.) 1. Gênero (Gallus) de aves galiformes. Os galos são vizinhos dos faisões, dos quais diferem pelo maior desenvolvimento das carúnculas (crista e barbilhâo) e da cauda. (Família dos fasianídeos.) 2. Macho da galinha doméstica. A briga de galos existia na antiga China, na Grécia e em Roma e foi introduzida no Brasil provavelmente pelos portugueses. Rinha, ou rinhadeiro, no Brasil, é o local da luta. Na briga de galos os proprietários fazem apostas com os circunstantes, que as fazem entre si. Os combates duram de 40 a 60min, com interrupções a cada quarto de hora, para os banhos, limpeza de sangue e enxugamento. Dali os galos vão para o rebolo, uma espécie de barrica, onde prosseguem a luta por quatro horas em busca de decisão.Numa briga de galos, pode haver de dez a 14 combates. A temporada vai de março a dezembro, quando o galos começam a mudar de penas. Oficialmente proibida no Brasil, a rinha de galos tem períodos de intensa atividade e fases de declínio.GALO-CAMPINA-DA-AMAZÔNIA s.m. Paroaria gularis. Ave passeriforme, que vive na beirada de matas e em várzeas. Ocorre na Amazõnia. (Sin. CARDEAL, TANGARÁ.) [Família dos fringilídeos.]GALO-DA-CAMPINA s.m. Peroeria dominicana. Ave passeriforme, com plumagem da cabeça vermelha. Vive na mata baixa, bem ensolarada (caatinga), onde em geral é o pássaro mais numeroso. Ocorre do sul do Maranhão ao interior de Pernambuco, Bahia. Ave típica do Nordeste. (Sin. CABEÇA-VERMELHA, CARDEAL-DO¬NORDESTE, CARDEAL.) [Família dos fringilídeos .]galoparGALO-DA-CAMPINA-DO-OESTE s.m. Zool. Sino de CAVALARIA.GALO-DA-ROCHA s.m. Sino de RUPÍCOLA. GALO-DA-SERRA s.m. Rupicola rupicola. É uma das aves passeriformes mais espetaculares do continente sul-americano, pelas cores vivas da plumagem. Frugívora, habita as escarpas cobertas por florestas. Ocorre nas serras fronteiriças entre o Brasil, Guianas, Venezuela e Colõmbia. Foi descoberta, recentemente, uma "colônia" dessas aves perto de Manaus. (Família dos cotingídeos.)Galo de ouro (O), balé em um ato de M. Fokine. Extraído da ópera de Rimski¬Korsakov, inspirado num conto de Puchkin, foi apresentado pela primeira vez pelos Balés Russos de Diaghilev na Ópera de Paris, com cenários e figurinos suntuosos de Natália Gontcharova.GALO-DO-CAMPO s.m. Sinonimo de SABIÁ¬DO-CAMPO.

Autor: Larousse Cultural

[FECHAR]
  • Para avaliar produtos você precisa estar logado!
  • Fazer Login

  • Formas de Pagamento
  • Atendimento
  • (41) 3223-7944 (vendas)
  • (41) 8851-0718 (Whatsapp)
  • (41) 3324-1941 (dúvidas)
  • Segurança
  • Social
  • Videopar Ltda • CNPJ: 01.373.798.0001/80 • Rua Domingos Nascimento, 240 - Bom Retiro - Curitiba - Pr • CEP 80520.200