OK
MENU
Página Principal Videopar Agronegócios
  • Cadastre-se
  •  para receber
  • novidades e promoções.
  • Siga-nos
Página Inicial | Cavalos | DVD| Cavalos - Escolha a Raça Ideal para sua Propriedade
  • 3 avaliações
formato
  • Cavalos - Escolha a Raça Ideal para sua Propriedade
Compartilhe

Aprenda a escolher algumas das raças de cavalos e muares.

Veja qual a melhor raça de cavalo para o que você deseja. Um vídeo para quem está iniciando a criação de cavalos, ou é um admirador destes pomposos animais. Todas as raças de cavalos são donas de uma característica particular.
Isso não diz respeito apenas ao porte e tamanho do animal, mas também à sua utilização, finalidade e aplicação.
Conheça neste vídeo as principais raças de cavalos e suas características. Saiba como escolher o melhor cavalo para a propriedade. Veja também os cuidados necessários e como evitar vícios no animal. 


Conteúdo: 

As raças:

-Appaloosa
-Mangalarga Marchador
-Quarto de Milha
-Puro Sangue Inglês

-Campolina

-Cavalo Brasileiro de Hipismo
-Cavalo Árabe
-Cavalo Bretão
-Cavalo Crioulo
-Jumento e Pêga
-Pônei

Duração aproximada: 45 minutos.

Mormo

O Mormo ou lamparão, é uma doença infecto-contagiosa dos eqüídeos, causada pelo Burkholdelia mallei, que pode ser transmitida ao homem e também a outros animais. Manifesta-se por um corrimento viscoso nas narinas e a presença de nódulos subcutâneos, nas mucosas nasais, nos pulmões, gânglios linfáticos, pneumonia, etc. Os animais contraem o mormo pelo contato com material infectante do doente: pús; secreção nasal; urina ou fezes.

SINTOMAS: Os sintomas mais comuns são a presença de nódulos nas mucosas nasais, nos pulmões, gânglios linfáticos, catarro e pneumonia. A forma aguda é caracterizada por febre de 42ºC, fraqueza e prostração; pústulas na mucosa nasal que se transformam em úlceras profundas com uma secreção, inicialmente amarelada e depois sanguinolenta; intumescimento ganglionar e dispnéia. A forma crônica apresenta-se na pele, fossas nasais, laringe, traquéia, pulmões, porém de evolução mais lenta, pode apresentar também localização cutânea semelhante à forma aguda, porém mais branda.

CONTAMINAÇÃO: Acontece pelo contato com material infectante (pus, secreção nasal, urina ou fezes). O agente penetra por via digestiva, respiratória, genital ou cutânea (por lesão). O germe cai na circulação sangüínea e depois alcança os órgãos, principalmente pulmões e fígado.

TRATAMENTO: O mormo apresenta forma crônica ou aguda, esta mais freqüente nos asininos. Os animais suspeitos devem ser isolados e submetidos à prova de maleina, sendo realizada e interpretada por um veterinário. A mortalidade dessa doença é muito alta.

Atenção: Devem ser realizadas as seguintes medidas:

Notificação imediata à Defesa Sanitária
Isolamento da área da infecção e isolamento dos animais suspeitos
Sacrifício dos que reagiram positivamente à mesma prova repetida após dois meses
Cremação dos cadáveres no próprio local e desinfecção de todo o material que esteve em contato com os mesmos
Desinfecção rigorosa dos alojamentos
Suspensão das medidas profiláticas somente três meses após o último caso constatado. Os produtos usados devem ser à base de sulfas, principalmente sulfadiazina e sulfatiazol ou sulfacnoxalina ou cloranfenicol e outros, em forma de grupos antibióticos.

Fonte: Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas
  • Artigos sobre o produto





Puros-sangues - Originários do planalto central da Ásia, provavelmente da Mesopotâmia, região entre os rios Tigre e Eufrates. Os animais do mais alto nível são criados na Polônia, Estados Unidos, União Soviética e Egito.  Barbo - Ou africano, berbérico, barbaresco, mongol ou mongólico. Originário da Ásia Central...(clique na imagem e leia mais)
--







Cavalo pantaneiro: resistente e adaptado

Uma raça única de equinos, que se adaptou como nenhuma outra ao ambiente quente e úmido e às longas distâncias da planície pantaneira. O cavalo pantaneiro tem sua origem dos cavalos Ibéricos trazidos ao Brasil na época da colonização.

Os animais introduzidos na região multiplicaram-se e formaram (clique na imagem para ler mais)


--



[FECHAR]

A origem de algumas raças de cavalos

Puros-sangues - Originários do planalto central da Ásia, provavelmente da Mesopotâmia, região entre os rios Tigre e Eufrates. Os animais do mais alto nível são criados na Polônia, Estados Unidos, União Soviética e Egito.  Barbo - Ou africano, berbérico, barbaresco, mongol ou mongólico. Originário da Ásia Central . Alter - Tem origem na raça barbo e se desenvolveu em Portugal. É animal de sela, com influência de raças nacionais em sua formação.  Anglo-árabe - Um pouco maior que o árabe (média de altura de 1,52 a 1,60 metro), mas de conformação parecida e as mesmas qualidades.  Andaluz - Também chamado puro sangue da idade média, esse cavalo espanhol foi bastante difundido pela Europa. Tem aparência uniforme, de linhas bem conformadas e harmônicas.  Lusitano - O cavalo de Portugal é semelhante à raça andaluz, chegou ao Brasil na década de 70 e impressionou pela silhueta, aprumos perfeitos e temperamento dócil. Utilizado no hipismo, realiza andamentos como passo, marcha trotada, trote e galope 

Autor: Revista Guia Rural

[FECHAR]
Avaliação geral dos clientes: 100,00%
100,00% 

0,00% 

0,00% 

0,00% 

0,00% 

  • Para avaliar produtos você precisa estar logado!
  • Fazer Login

livros 12/01/2011
Ana Paula - Varginha, MG
estou aguardando

  • Formas de Pagamento
  • Atendimento
  • (41) 3223-7944 (vendas)
  • (41) 8851-0718 (Whatsapp)
  • (41) 3324-1941 (dúvidas)
  • Segurança
  • Social
  • Videopar Ltda • CNPJ: 01.373.798.0001/80 • Rua Domingos Nascimento, 240 - Bom Retiro - Curitiba - Pr • CEP 80520.200